Weathervane Records lança a quarta compilação da editora

notícia

Por: Grua • Capa: Malgorzata Stryjek



Nasceu, durante o mês de Abril, como uma junção entre vários artistas da música experimental electrónica portuguesa, apelando à união num período muito difícil para a cultura. A Weathervane Records, desde Maio lançou vários trabalhos no seu Bandcamp, e regressa agora com Ghosts Don’t Sail These Shores, uma compilação que volta a focar-se na música ambient.

Estado de Emergência, o primeiro trabalho de Weathervane, deu o mote para o continuado trabalho da editora – que também funciona como programa na Threads Radio – e juntou ao princípio 20 artistas portugueses, que iam do ambient às caves mais vertiginosas voltadas para a pista de dança. Tomás Frazer, musicalmente conhecido como Oströl, tem sido o curador por trás destes trabalhos e, nesse aspecto, Ghosts Don’t Sail These Shores não é excepção.

Esta compilação volta a trazer a música mais contemplativa e sossegada do ambient, depois das edições de ​.​.​. Returning Whence Their Darkened Spirits Came e de Slipped Through the Closed Door, nas quais o foco era a mais explosiva e extrovertida música de dança. Além disso, esta 4ª edição traz também músicos além-fronteiras, com participações da Polónia, do Reino Unido, dos Estados Unidos da América e do Japão, e conta com participações do próprio Oströl, dos repetentes Vasco Completo, Moreno Ácido e UNITEDSTATESOF, e os estreantes Sann Gusmão, Kaiwa, Veabis and Tubbhead, The Artificial Pine, Augen, Neglect e Digital=Divine.

Ghosts Don’t Sail These Shores está disponível no Bandcamp desde 29 de Novembro, com uma excelente capa da autoria de Malgorzata Stryjek, e pode ser adquirida digitalmente.