Residência Independente salta do digital para o Arroz Estúdios em formato de exposição

notícia

Por: Grua • Imagem: Direitos Reservados



A Residência Independente sai à rua e expõe as obras dos vários artistas (que divulgámos aqui) no Arroz Estúdios, largando o digital e abraçando o tempo físico e o presente.

Esta dupla, constituída por Ana Durão e Carolina Serranito, juntou, durante o período de confinamento, 44 artistas e lançou o desafio de produzirem obras no prazo de 72 horas – como se de uma residência artística se tratasse. O resultado final foi exposto no site e na página de instagram do projecto.

O dia 10 de Julho marcou a segunda etapa da iniciativa, dedicando-se ao apoio da causa Black Lives Matter, através da criação de uma venda solidária na qual 50% das receitas revertem para uma instituição anti-racista.

Agora, a Residência Independente regressa com a exposição “I AM A CALM PERSON, BUT I GET ANGER BURSTS” e grande parte dos trabalhos expostos estão também inseridos na venda solidária. Desta forma, quem adquirir uma obra, estará a ajudar directamente o SOS RACISMO, EQUAL JUSTICE INICIATIVE ou COLOR OF CHANGE.

A inauguração tem data marcada para dia 18 de Setembro às 17h00 e a exposição termina dia 30 do mesmo mês. Contando com xs artistas Ana Durão, António Mateus, Carolina Serranito, Catarina Marcos, Cecília Pim, Helena Rodrigues, Inês Garcia, Isabel Murteira, João Lopes, José Carvalheiro, Laura Coello, Leonor Zuzarte, Margarida Andrade, Mariana Castro, Mariana Charrua, Marta Derque, Miguel Ângelo Marques, Natacha Martins, Pedro Neves, Pedro Valério, Rita Castanheira, Sara Santos, Soraia Correia.